O que é CIPA e para que serve

Como falado no artigo "O que é segurança do trabalho" a CIPA significa Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.

Esta é uma comissão que é formada através de votação pelos próprios funcionários e também por representantes do empregador e sua principal função é atuar na promoção da segurança e saúde dos trabalhadores, ou seja, proporcionar um ambiente seguro para que todos colaboradores exerçam suas funções com as melhores condições.


Norma Regulamentadora


A CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes é regulamentada pela NR (Norma Regulamentadora) nº 05, aprovada pela Portaria nº 3.214, de 08 de junho de 1978 e atualizada pela Portaria SIT n.º 247, de 12 de julho de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE.

Função da CIPA nas empresas


A CIPA nas empresas promove um importante papel no que se refere a  saúde e segurança do trabalho, pois realiza ações com o objetivo de tornar o ambiente de trabalho mais seguro e saudável possível. Estas ações têm como resultado para as empresas uma maior produtividade, diminuição dos custos com afastamentos, redução do índice de acidentes e doenças ocupacionais.

Papel dos funcionários em relação a CIPA


Não é possível que todos os membros da CIPA estejam em todos os lugares ao mesmo tempo, concorda? Portanto, é necessário aos funcionários sempre que presenciarem situações de risco, informar à comissão de prevenção de acidentes para as medidas necessárias sejam tomadas.

Para que a CIPA tenha sucesso é necessário sempre o diálogo aberto entre empresa X funcionários para que as condições de trabalho sejam sempre as mais favoráveis à todos.

O que é segurança do trabalho

Olá prevencionistas. Tudo bem?

Quando pensamos em um ambiente seguro de trabalho devemos sempre pensar quem são os profissionais que estão ali para justamente proporcionar um local seguro. É aí que entra a segurança do trabalho. Mas afinal, você sabe o que é?


O que é segurança do trabalho


Segurança do trabalho é denominada tecnicamente como "conjunto de ações que são realizadas com o objetivo de evitar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, e também serve para proteger a integridade física e a capacidade de trabalho do colaborador".

Para garantir que os funcionários tenham as mínimas condições de trabalho é preciso que profissionais especializados em segurança proporcionem este ambiente. Vamos ver agora quem são eles.

Quem são os profissionais especializados


A equipe especializada de segurança do trabalho de uma empresa possui o seguinte quadro: Técnico de Segurança do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Médico do Trabalho e Enfermeiro do Trabalho. Estes profissionais formam o que chamamos de SESMT – Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho.

Como a CIPA ajuda na segurança do trabalho


Anualmente é necessário que os empregados da empresa constituam a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Esta comissão é feita com o objetivo de criar mecanismos para a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho. Seu principal alvo é criar um ambiente de trabalho que dê as mínimas condições ao trabalhador preservando sua vida e saúde.

Principais fatores de risco de acidentes de uma empresa


Toda empresa oferece riscos aos funcionários. Dentre estes principais, podemos destacar:

  • eletricidade
  • falta de organização
  • ato inseguro
  • máquinas e equipamentos desgastados
  • incêndios
  • armazenamento e transporte de materiais de forma errada
  • manuseio de produtos perigosos sem a devida proteção ou treinamento
  • ferramentas manuais
  • contato com agentes biológicos
  • condições irregulares
  • entre outros
Como podemos perceber a segurança do trabalho é fundamental para proporcionar aos funcionários o mínimo para que ele possa exercer sua função da melhor forma e voltar para sua casa e família com segurança!